Últimos assuntos
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada


Resident Evil 4 Wii Edition - USA [Torrent]

Ir em baixo

Resident Evil 4 Wii Edition - USA [Torrent]

Mensagem  ydanielbum em Qui 30 Set - 14:12



Descrição:
Com aproximadamente dois anos e meio de vida e uma discreta aparição nos PCs, "Resident Evil 4" chega agora ao Wii, aproveitando seu controle sensível a movimentos, enquanto oferece o mesmo conteúdo do original mais os extras da versão para PlayStation 2. E embora as marcas da idade comecem a aparecer (como as texturas bastante borradas para os padrões atuais), todo seu brilhantismo permanece intacto.
Mudando para melhor
Desta vez, a aventura é muito mais focada na ação, mas isso não quer dizer que o enredo tenha sido deixado de lado. Ainda continua sendo orientado pelo ótimo roteiro, mas agora se respira, literalmente, outros ares. Saem Raccoon City, corporação Umbrella e zumbis para darem lugar a uma seita ocultista e seus seguidores num vilarejo da Espanha.
Ajuda o fato de a câmera estar posicionada sempre atrás do protagonista, o que evita que o jogador se perca pela troca de visão, freqüente nos antecessores. Um dos poucos empecilhos é a dificuldade alta: mesmo jogando no modo mais fácil, é complicado sobreviver sem ter experiência nesse tipo de jogo. Os inimigos são numerosos, inteligentes e não morrem facilmente, criando aquela tensão permanente de perigo. Além disso, o comando do personagem é um tanto limitado, o que dificulta escapar dos perseguidores. Ele não pode andar de lado, nem recuar com grande velocidade.
É necessário ter em mente o manual básico da sobrevivência, como enfrentar poucos inimigos por vez e/ou combater em locais estreitos, com as costas protegidas. Saber das características de cada arma e ter munição e reposição de energia suficientes também são essenciais.
Sinta o revólver na sua mão
Os combates são o grande destaque da nova aventura e é aí que entra o novo esquema de controle exclusivo do Wii. Ainda é possível mirar para qualquer direção, quase como um título de tiro em primeira pessoa. Ao apontar a arma, a tela dá um zoom, permitindo acertar com mais precisão, ao mesmo tempo em que diminui o raio de visão e impede que o personagem se locomova.
Desta vez, porém, a mira a laser das versões para GameCube, PlayStation 2 e PC dá lugar a um simples cursor que acompanha o movimento do controle remoto, quando apontado para a tela. Após uma ligeira fase de adaptação aos novos controles (que não deve durar mais do que vinte minutos), os comandos se tornam naturais e mirar vira uma tarefa fácil até para os jogadores menos experientes. Uma leve vibração no controle indica que o cursor está na posição ideal para eliminar um oponente, facilitando ainda mais a ação. Para recarregar a arma equipada, basta uma chacoalhada no controle.
Diferentemente dos jogos de tiro em primeira pessoa para o console da Nintendo, como "Red Steel", ainda é necessário usar o direcional analógico da extensão Nunchuk para virar o personagem, em vez de apenas apontar o cursor para a extremidade da tela. Uma pena que a Capcom não tenha implementado tal funcionalidade, que poderia possibilitar a inclusão de uma bem-vinda movimentação lateral do personagem.
É possível acertar em diversos locais dos inimigos, com reações diferenciadas para cada região. Acertando nas pernas, eles podem ir ao chão ou ficar de joelhos. Nesse caso, especificamente, é possível chegar perto e usar o botão de ação para dar um chute giratório e derrubar quem estiver no caminho.
Mesmo acertando na cabeça, os oponentes, apesar de humanos, não morrem com um tiro, ao menos se usadas as armas mais modestas. Acertar o braço que empunha a arma faz com que os inimigos a larguem, pelo menos temporariamente. Mesmo os machados atirados, por exemplo, podem ser derrubados com tiros. Mas é necessário economizar munição, usando a faca ou os chutes, quando for possível.
Mas se os inimigos "normais" já são complicados a encrenca fica colossal com os chefes. Eles são gigantes e magnificamente projetados. Todos exigem estratégias específicas para serem derrotados e possuem muitas opções de ataque. Além de exigir destreza no deslocamento e na mira, muitas vezes será necessário ter reflexo para responder aos eventos de ação.
Pense rápido!
As seqüências interativas de animação, que acontecem em determinados momentos do game e exigiam que o jogador apertasse botões como indicados na tela, também fazem uso do controle sensível a movimento. Desta vez é preciso chacoalhar o controle remoto em certas ocasiões, mas a combinação de botões ainda está presente.
Muitas vezes, esses eventos de ação são fatais, caso não consiga escapar com sucesso, ou seja, mais uma fonte de tensão. Isso faz com que a ação fique mais variada, dando ainda mais ritmo para a aventura. Como um legítimo "Resident Evil", não poderiam faltar os quebra-cabeças, mas eles são mais simples e menos numerosos que as edições anteriores. Nesse caso, servem para dar um tempo na ação frenética que comanda quase todo o jogo.
Em grande parte do título, Leon terá a companhia de Ashley, e sua segurança é missão prioritária do agente. Para ajudar, o jogador conta com algumas ordens básicas como fazê-la esperar ou se esconder em determinados lugares. Se ela for morta ou seqüestrada, é fim de jogo. Muitas vezes a ajuda da adolescente será primordial e há até algumas fases em que o jogador controlará a jovem. Por vezes, você vai querer que ela fique calada, mas a dupla rende cenas muito engraçadas, para contrastar um pouco com a tensão que predomina em quase toda a aventura.

Dados do Arquivo:
Tamanho: 4.14 GBs
Região: ?

L i n k s:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
ydanielbum
Admin

Mensagens : 102
Data de inscrição : 05/09/2010
Idade : 25
Localização : Hellcife, PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum